Bem-Vindo ao Lost Games, aqui você encontra o maior conteúdo sobre os Jogos da Internet. Se Registre ou fale conosco !
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Novidades gerais sobre fifa 13

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
lucasrossi



Mensagens : 7
Data de inscrição : 03/10/2012
Idade : 18
Localização : Campinas-sp

MensagemAssunto: Novidades gerais sobre fifa 13    Qua Out 03, 2012 2:21 pm

Em busca da matada perfeita
Depois das grandes mudanças no FIFA 12, muita gente poderia apostar que o mais novo game da franquia, que será lançado no Brasil no dia 5 de outubro, teria apenas algumas perfumarias, sem nada tão novo. Não é verdade, mas também não teremos nada tão bombástico vindo por aí. De certa forma, não dá pra dizer que o FIFA 13 é uma REvolução, mas sim uma Evolução.
A EA cada vez mais está buscando aproximar a realidade do jogo. E entre estas melhorias está o fim do “domínio perfeito”.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Até o FIFA 12, quando o jogador mais zoado do mundo mata a bola, a matada é perfeita. O jogador pode sair com a pelota dominada de boa, mesmo se for um zagueiro tipo o Durval. No 13 isso não acontece. A capacidade de matar a bola será proporcional a habilidade do jogador. Testando o game, pude conferir o quanto isso realmente muda as partidas. Quando um zagueiro vai tentar dominar, a bola escapa… Se a habilidade do gamer e do jogador for razoável, você ainda conseguirá puxar a bola de lado e continuar jogando… Agora, a bola poderá escapar pela linha lateral ou até ser roubada pelo adversário do seu lado — e sim, ele estará mais próximo.
Matadas perfeitas, agora, só com um Messi, Neymar ou Ronaldinho Gaúcho quando não vai pra balada antes do jogo… E não é só isso.
A inteligência dos jogadores também está elaborada. É visível uma movimentação melhor deles, buscando a bola e se movimentando principalmente em momentos de ataque. Na partida que joguei notei os jogadores cruzando a área para ampliar as opções de ataque, saindo do impedimento ou retornando para dar o combate quando eu perdia a posse de bola. Tudo isso está mais elaborado do que antes e também refletindo a habilidade de cada jogador.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

As novidades fazem com que o jogador de futebol da vida real que for ruim também seja ruim no FIFA 13 – e o habilidoso, claro, continuará habilidoso. Será mais real, no final das contas. E eu não ficarei mais com inveja das incríveis matadas de bola do Juan no meu X360.
Por outro lado, isso irá ampliar ainda mais o abismo entre os times de primeiro escalão da Espanha, Inglaterra e Itália em relação ao resto – inclusive dos brasileiros. Quando eu escolher o meu Santos para enfrentar o Barcelona, o Durval vai se embananar com a bola, o Messi vai estar mais esperto e… 4 a 0 vai parecer um resultado apertado.
Claro que nem sempre na vida real é assim. Um time pior pode se superar naquele jogo por conta do momento, do campeonato, do adversário… Ainda não deu para saber se a inteligência artificial do FIFA 13 será afinada a ESSE ponto.
A busca por um jogo mais próximo da realidade não acaba por aí. O jogo de corpo também está mais presente no FIFA 13. Colocar o jogador para correr ao lado do adversário, disputando a bola com o ombro e tirando a velocidade é mais real. Nas disputas na área em faltas e escanteios é do mesmo jeito.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Por outro lado, trombadas “acidentais” estão mais difíceis. Os jogadores movimentam-se de forma mais elaborada, “percebendo” melhor os jogadores do próprio time ou os adversários, diminuindo o número de choques… E, quando as trombadas acontecem – incluindo nas faltas – ninguém sai voando ou mergulhando por aí. As quedas são mais reais. Menos no caso do Neymar. Esse aí estava bom do jeito que era antes.
Gráficos
No beta testado não deu, ainda, para ter uma noção exata dos gráficos. Muitos pontos estavam melhores que no FIFA 12, o que é a promessa da EA, mas em outros ainda há o que ser trabalhado, principalmente nas sombras e em alguns bugs. De qualquer forma, é de se esperar que tudo esteja certo no momento do lançamento.
As reais novidades, que podem ser consideradas “perfumarias” por muitos, são em volta do campo e também ajudam no realismo. A torcida não se comporta inteira da mesma forma, além de termos a presença dos fotógrafos atrás dos gols, acompanhando a direção da bola com as lentas das câmeras. Mas o melhor mesmo está nas linhas laterais, com a aguardada aparição dos técnicos em frente aos bancos, além dos jogadores reservas que, agora, ficam aquecendo atrás dos gols.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Localização
O FIFA 13 também será o primeiro da Era Warner com a localização totalmente em português. O beta testado não tinha, ainda, os menus ou a narração em português, mas a distribuidora promete que tudo será 100% em português no momento do lançamento. Apenas um lembrete: a versão na nossa língua, com a narração de Tiago Leifert e Caio Ribeiro, será vendida apenas no Brasil e será para os consoles PS3 e Xbox 360, além do PC. Isso não se repetirá na versão para PS2 (fabricada no Brasil) ou na dos portáteis e Wii (importadas), bem como nas cópias de PS3 e X360 compradas no exterior.
Essa localização será o diferencial para a versão nacional do FIFA 13. Se no 12 a distribuidora investiu na camiseta, nessa procuraram fazer um produto com um diferencial ainda mais interessante e exclusivo para o mercado oficial – já que importação extraoficial terá apenas a versão em inglês.
Apesar de não ter sido possível ouvir a narração em português, aqui vai uma boa notícia: este é apenas o início de uma parceria não com Tiago Leifert e o Caio, mas com a Globo como um todo. A intenção da Warner é ter mais novidades desse acordo no futuro, começando na Copa das Confederações do próximo ano.
Sobre a presença dos dois narradores, você já sabe o motivo: o Tiago Leifert é, além de apresentador do Globo Esporte, um grande fã do FIFA. Nada mais natural. E o Caio funciona pela química dos dois – e como narração em videogame tem sempre que ser em cima do muro…
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Em relação aos times brasileiros, o beta testado ainda estava muito cru para tentar fazer uma análise mais aprofundada disso – o Corinthians, por exemplo, estava com o uniforme 1 de 2012 com o patrocínio (temporário) do Magazine Luiza, enquanto o 2 era o do ano passado — o que já apareceu arrumado em um dos trailers mais recentes. A Warner não possui informações concretas sobre os times nacionais que estarão licenciados, já que a negociação é feita diretamente entre a EA e os clubes, mas confirmou que dez times já estão acertados e mais oito estão em negociação. O que a puderam afirmar com certeza é que times como o Internacional, que quase nunca chega a um acordo de licenciamento com a EA, este ano os procuraram para negociar, o mesmo acontecendo com a Portuguesa, recém-chegada na Série A.
O único “senão” na localização deverá ser a nova função para “xingar o juiz”, quando o Kinect detecta que você educadamente elogiou a mãe do árbitro por exercer a profissão mais antiga da humanidade. Ainda não é certeza, mas provavelmente você precisará gritar “FUCK YOU, REFEREE!” e não um habitual “SÊFUDÊ, JUIZ LADRÃO” para influenciar de algum modo a partida.
Modos de jogo
No teste realizado foi possível apenas participar de um amistoso. Ainda assim, deu para acompanhar uma novidade: no carregamento dos jogos sai a disputa de um jogador contra o goleiro e entram jogos de habilidade, que vão desde correr por cones ao bom e velho bobinho, passando por testes de habilidade em chutes. Assim fica mais fácil para os pernas de pau como eu treinarem de alguma forma, melhorando as habilidades no FIFA.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Pela limitação no teste, não foi possível ver as melhorias no Modo Carreira. Uma das promessas é que fatores fora do campo comecem a influenciar no jogador, incluindo, por exemplo, uma contusão no banheiro. O outro modo recém anunciado, o Football Club Match Day, que promete a influência das notícias e dos jogos reais nas partidas no FIFA 13, também não pode ser visto.
O FIFA 13 já está em pré-venda pelo preço de R$ 179,90 nas versões par X360 e PS3, R$ 99,90 na de PS2 e R$ 69,90 na de PC. Ainda não há um preço definido para as versões para os portáteis, nem na do Wii. O lançamento está previsto para o dia 5 de outubro no Brasil.
A Warner pretende lançar também a versão para Wii U no Brasil (sem localização), mas não há ainda uma data por um simples motivo: não há uma data de lançamento do console no nosso País.

Fonte :Judão
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Novidades gerais sobre fifa 13
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Brasil] Negociação sobre caças da FAB azedou relação entre Dilma e Jobim
» ASAS ALEMÃS SOBRE O RIO POTENGI
» Curiosidades sobre as alturas...
» Novidades do Microsoft Flight
» Sites sobre aviação virtual internacional

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Lost Game :: Jogos De Esporte :: Fifa 2013-
Ir para: